[info PT] Vistos de residência para reformados representam 18%

A concessão de vistos de residência para reformados tem ganho importância: representou 18% do total de vistos de residência emitidos em 2018, quando em 2008 representavam apenas 3%.

3-1-300x300 [info PT] Vistos de residência para reformados representam 18%

A entrada de reformados estrangeiros em Portugal tem estado mais associada a nacionalidades da União Europeia, embora nos últimos anos tenha ganho importância relativa noutras nacionalidades, nomeadamente na brasileira (onde em 2018 os vistos para reformados já representavam 28,3% do total de vistos emitidos para nacionais do Brasil) e angolana (11,2% do total de vistos emitidos para nacionais de Angola em 2018).

Além disso, a entrada de reformados estrangeiros no país tem contribuído para o envelhecimento da população imigrante residente em Portugal: em 2017, 9,4% dos estrangeiros residentes em Portugal tinha mais de 65 anos, comparado com 5% em 2011.

Fonte: SEF – Serviço de Estrangeiros e Fronteiras