[info PT] Estrangeiros são mais empreendedores que os portugueses

Os imigrantes residentes em Portugal têm taxas de empreendedorismo superiores às taxas dos portugueses: entre 2012 e 2017, a percentagem de empregadores estrangeiros no total de empregadores passou de 3,58% para 4,39%, sendo o empreendedorismo uma alternativa ao trabalho por conta de outrem no país.

Os empregadores estrangeiros tiveram uma evolução bastante positiva (+21%) e equiparada à evolução dos trabalhadores por conta de outrem estrangeiros (+25%).

ODSF-Info-23-7 [info PT] Estrangeiros são mais empreendedores que os portugueses

Esta evolução contrasta com a evolução dos portugueses, para os quais o aumento foi essencialmente no número de trabalhadores por conta de outrem (+16% entre 2012 e 2017), tendo sido residual a evolução dos empregadores portugueses (+2,3% entre 2012 e 2017).

Em 2017, as nacionalidades que mais contribuíram para o número de empregadores estrangeiros foram os brasileiros (22,8%), os chineses (18,3%), os britânicos (6,1%) e os franceses (5,8%)

Fonte: Observatório das Migrações