[info PT] Remunerações médias por sexo e nacionalidade

Existem discrepâncias nas remunerações base médias em função do sexo do trabalhador, tanto no caso dos portugueses como no caso dos estrangeiros residentes em Portugal.

Em 2016, os trabalhadores do sexo masculino portugueses continuavam a receber +18% que as mulheres trabalhadoras portuguesas, subindo essa discrepância para +33,9% no caso dos trabalhadores estrangeiros.

Info-ODSF-18-9-18 [info PT] Remunerações médias por sexo e nacionalidade

É, na realidade, a discrepância salarial verificada entre as trabalhadoras do sexo feminino que explica a taxa de discrepância nas remunerações base média dos estrangeiros por comparação aos nacionais: em 2016, as mulheres de nacionalidade estrangeira recebiam -12,9% que as trabalhadoras portuguesas, enquanto os homens de nacionalidade estrangeira só recebiam -1,2% que os homens portugueses.

Fonte: Observatório das Migrações