[info BR] Operação Acolhida já orientou 14 mil venezuelanos

No Brasil, o influxo de refugiados e migrantes venezuelanos teve um tremendo impacto no estado fronteiriço de Roraima: mais de 480 mil refugiados e migrantes entraram no Brasil, dos quais mais de 201 mil ainda estão no país. O número de travessias diárias é uma média de 500 por dia.

4-300x300 [info BR] Operação Acolhida já orientou 14 mil venezuelanos

O governo brasileiro decidiu aceitar passaportes venezuelanos expirados como documentos válidos, inclusive para viagens dentro do Brasil, por mais cinco anos. Além disso, todos os venezuelanos podem solicitar residência temporária ou status de refugiado no Brasil, sem necessidade de vistos.

O governo também criou a Operação Acolhida (AO), estruturada em Centros de Recepção; assistência humanitária e refugiados; e uma estratégia de interiorização, que visa proporcionar melhores condições de vida e oportunidades sociais e econômicas em cidades afastadas da fronteira.

Desde abril de 2018, mais de 14 mil venezuelanos se beneficiaram com a OA, sendo transferidos para mais de 200 cidades brasileiras em várias regiões. Mais de 40% dos beneficiários em idade ativa conseguiram encontrar um emprego nos três primeiros meses de sua mudança.

Fonte: Ministério da Justiça