[info PT] Mulheres brasileiras são maior grupo de cidadãos extracomunitários em Portugal

Considerando as dez nacionalidades numericamente mais representadas em Portugal no ano de 2017, no que diz respeito à composição por sexo, verifica-se uma maior importância relativa dos homens entre os cidadãos comunitários (isto é, pertencentes à União Europeia), por comparação aos nacionais de países terceiros (NPT).

Nesse contexto, foi a nacionalidade italiana a registar maior proporção de homens (59,4%), seguida da nacionalidade romena (54,7%), e das nacionalidades britânica e francesa (ambas com 53,2%).

Info-13-8 [info PT] Mulheres brasileiras são maior grupo de cidadãos extracomunitários em Portugal

Relativamente aos estrangeiros extracomunitários, em 2017, só os cidadãos da Guiné-Bissau e da China apresentavam uma proporção de homens acima dos 50% (52,8% e 50,1%, respetivamente).

Por contraste, a generalidade dos grupos de cidadãos extracomunitários apresentava maior proporção de mulheres, verificando-se que as pessoas com nacionalidade brasileira registavam o maior valor observado: 61,5%.

Fonte: Observatório das Migrações