[info PT] Segurança Social em números

Os apoios sociais do Estado são fundamentais para moldar a sociedade portuguesa. Em 2018, mais de dois milhões de idosos recebiam pensões de reforma, mais de um milhão de pessoas o abono de família, quase 800 mil viúvos e órfãos tinham pensão de sobrevivência e metade dos que não trabalhavam recebiam subsídio de desemprego.

Em termos de receita, em 2018 a segurança social recebeu 27.161 milhões de euros, dos quais 62% através de trabalhadores e empregadores, 30% através do orçamento de Estado, e 8% de outros.

ODSF-Info-14-5 [info PT] Segurança Social em números

A Segurança Social pagou pensões a 2.924.377 pessoas (65% do fundo total); subsídio de desemprego a 182.801 pessoas (4,9%); RSI, PSPI, CSI (rendimento social de inserção, prestação social para a inclusão, complemento solidário para idosos) a 475.202 pessoas (3,3%); abono de família a 1.088.021 pessoas (2,8%); subsídio de parentalidade a 38.777 pessoas (2,2%); e apoio para doença a 171.213 pessoas (2,2 %).

Os restantes 19% foram pagos a outros beneficiários, os quais não correspondem às categorias anteriormente citadas.

Fonte: Fundação Francisco Manuel dos Santos / PORDATA