Planeje seu projeto migratório com sucesso! Três pontos que não podem faltar

Muito se fala sobre as estratégias para um processo migratório de sucesso. Planejamento é, sem dúvidas, uma das principais ferramentas para quem deseja imigrar.

Porém, para que você tenha sucesso no seu planejamento é preciso investir em três pontos fundamentais, os quais comentaremos ao longo deste artigo:

  1. Ter clareza sobre o processo de regularização no país de destino;
  2. Dispor de uma reserva financeira; e
  3. Saber o que esperar para efetivamente integrar-se.

Apesar de não haver nenhuma novidade nestas indicações, a verdade é que muitos estrangeiros ainda migram sem ter noção delas, o que coloca em risco todo o seu sonho de uma vida próspera em outro país.

adult-1807500_1920-1024x683 Planeje seu projeto migratório com sucesso! Três pontos que não podem faltar

Recentemente, a Organização Internacional das Migrações – OIM, divulgou que em 2018 o número de pedidos para o programa de retorno voluntário aumentou consideravelmente em Portugal. Dentre as nacionalidades requerentes do pedido, a brasileira foi a que mais se destacou, com um percentual de mais de 90% de passagens de volta concedidas.

A maioria dos requerentes deste benefício eram pessoas que não planejaram a sua estadia no país e/ou tiveram poucas informações oficiais e verdadeiras. Além de acreditarem nas promessas de trabalho, ou ainda, na existência de facilidades de integração no país.

Infelizmente é com esta bagagem de desconhecimento, mas não só, que muitos partem do seu país de origem à procura de uma nova oportunidade.

Cada processo migratório demanda tempo, investimento e paciência, além de algum conhecimento de suas regras.

Por isso, neste artigo destacamos para você três pontos essenciais que acreditamos ser fulcrais para quem deseja migrar.

Receba conteúdos exclusivos sobre Portugal e Brasil

Não enviaremos spam. Respeitamos sua privacidade.

Fique tranquilo, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

1. Ter clareza sobre o processo de regulização no país de destino

Você precisa saber quais são os procedimentos para iniciar o seu processo de regularização no país de destino, nomeadamente, se você cumpre os requisitos legais previstos para residir.

Após identificar o seu perfil e a forma de regularizar-se, procure saber o prazo para os documentos solicitados ficarem prontos. Essa cronologia é fundamental para que você organize a sua vida.

Por exemplo, em muitas situações, você não poderá ausentar-se do país de destino enquanto o seu processo esteja em análise.

Além disso, o melhor é não deixar nenhuma pendência no seu país de origem, para que você possa esperar o tempo que for preciso para sua regularização.

Por isso, é fundamental conhecer as várias etapas do processo e o tempo médio necessário. Você precisa ter clareza de como é esse processo, não adianta querer fazer diferente.

Neste sentido, o êxito para que você consiga regularizar-se no país de destino dependerá única e exclusivamente de você.

hand-3190204_1920-cópia-1024x623 Planeje seu projeto migratório com sucesso! Três pontos que não podem faltar

2. Dispor de uma reserva financeira

Em qualquer processo migratório, a questão financeira pesa bastante. Isto porque, trata-se de um investimento. Você investirá no seu futuro, na busca de outras oportunidades.

Desta forma, ter dinheiro suficiente para manter-se algum tempo – dias, meses ou anos – é um dos elementos mais importantes para quem deseja imigrar. Na prática, infelizmente, isso nem sempre acontece.

De fato, o elemento financeiro é a primeira dificuldade neste processo migratório, pois em muitos casos, o dinheiro não chega, o trabalho não aparece e, assim, o sonho logo acaba.

Para que isso não aconteça, é preciso ter uma reserva razoável, principalmente se for um projeto em família. Você precisa contabilizar todas as despesas necessárias com moradia, alimentação, saúde, transporte e educação, quando for o caso.

A falta de meios financeiros pode deixá-lo numa situação de extrema vulnerabilidade, comprometendo a sua saúde física e mental e o bem-estar de toda sua família.

Muitos imigrantes brasileiros, apesar da difícil decisão de desistir do seu sonho, tiveram que recorrer ao Programa de Retorno Voluntário da OIM, pois não havia dinheiro para a passagem de regresso.

face-2936245_960_720 Planeje seu projeto migratório com sucesso! Três pontos que não podem faltar

3. Saber o que esperar para efetivamente integrar-se

Todo imigrante deve estudar este ponto de forma exaustiva, antes de viajar ao país de destino.

Ter conhecimento sobre a cultura, o mercado de trabalho, educação, moradia e saúde constitui um ponto chave para o seu projeto migratório ser bem-sucedido.

Você precisa fazer com que o seu projeto dê certo, e que se mantenha no caminho certo ao chegar no país de destino e, para que isso aconteça é preciso planejar a longo prazo.

A imigração brasileira em sua maioria é laboral, desta forma, se torna necessário conhecer as exigências do mercado de trabalho local, nomeadamente, se você precisa reconhecer o seu diploma, ou se precisa conhecer outras línguas. Caso você pretenda empreender, deve saber o que é preciso para avançar com o seu negócio e, principalmente, saber mantê-lo.

Enfim, você precisa conhecer todas as etapas do seu processo migratório bem como a realidade do país de destino, para que a sua integração se torne efetiva. Não esqueça, o sucesso desta grande mudança depende unicamente de você.

(Vanessa C. Bueno)

vanessa@odireitosemfronteiras.com

Receba conteúdos exclusivos sobre Portugal e Brasil

Não enviaremos spam. Respeitamos sua privacidade.

Fique tranquilo, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

[*Fonte das imagens: Pixabay]