Estudar em Portugal: saiba o que é preciso

O número de estudantes brasileiros em Portugal tem crescido a cada ano, isso porquê o bom preço, o intercâmbio internacional, um certificado de uma universidade européia são atrativos suficientes para muitos estudantes cruzarem o oceano.

Entretanto, para que tudo corra bem é preciso atentar-se aos requisitos da Lei 23/2007 de 4 de Julho, Lei de Imigração em Portugal.

sea-2710932_1920-350x230 Estudar em Portugal: saiba o que é preciso

Portanto, o estudante que pretenda estudar em Portugal, precisa primeiro procurar uma universidade e adquirir o comprovativo de admissão da instituição escolhida. Depois desse passo e já sabendo mais ou menos a localização da universidade, é possível encontrar lugares para morar, lembrando que, não é preciso alugar a casa/apartamento por todo o período do curso, pois quando o estudante estiver em Portugal fica mais fácil para arranjar outros espaços e até partilhar casas com outros estudantes da turma.

O seguro saúde também deve ser providenciado, e para os estudantes que estão inscritos na segurança social brasileira, poderão pedir o atestado de direito à assistência médica (PB-4), o qual dá direito a proteção na área da saúde em Portugal.

Além disso, os estudantes que possuem familiares ou amigos que vivem em Portugal e quem vão oferecer hospedagem, essas pessoas poderão fazer uma “declaração/termo de responsabilidade”, informando de que o estudante ficará ao seu cargo no período de tempo a ser determinado pelo estudante e o familiar, essa declaração deve conter uma assinatura reconhecida.

21-350x230 Estudar em Portugal: saiba o que é preciso

Geralmente os Consulados Portugueses no Brasil, emitem um visto temporário de 120 dias autorizando a entrada do estudante em Portugal, após esse período o estudante deve providenciar toda a documentação para efetivamente solicitar o visto de estudante no SEF (Serviço de Estrangeiros e Fronteiras).

Portanto, o estudante deverá apresentar em Portugal passaporte válido, matrícula e documentação de admissão da universidade, comprovativo de alojamento, comprovativo de que dispõe de meios de subsistência e seguro saúde.

Nota: A Lei 29/2012 publicada hoje 09/08/2012, e que entra em vigor no 30º dia, não altera o artigo 62º da Lei 23/2007 que prevê o visto de estudo. Entretanto, haverá uma significativa alteração na Lei 23/2007, pelo que abordaremos futuramente no blog. 

(Vanessa C. Bueno)

vanessa@odireitosemfronteiras.com

Receba conteúdos exclusivos sobre Portugal e Brasil

Não enviaremos spam. Respeitamos sua privacidade.

[*Fonte das imagens: Pixabay]